Controlo de qualidade


XF-Logo-4c

Sistemas de controlo de qualidade X-FLOC

Os aplicadores utilizam diversos dispositivos para garantir a qualidade de execução dos trabalhos de isolamento com celulose. Apresentamos de seguida os dispositivos mais comuns por nós comercializados:

1. Conjunto de verificação de densidade: Com este conjunto extrai-se uma proveta de celulose da zona insuflada, pesa-se a proveta, lê-se o indicador do volume marcado no tubo e determina-se a densidade de insuflação.

dichtepruefset_nw100

2. Medidor de espessura para projecções a seco. Coloca-se a vareta vertical sobre qualquer ponto da camada de celulose e introduz-se a placa metálica, permitindo que esta deslize ao longo da vareta, até ser travada pelo material. O procedimento deve ser repetido em vários pontos para se obter um valor médio.

ee6ac74f6c

3. Caixa de ensaio perfurada para medição de densidade. Com esta caixa pode-se medir a densidade de insuflação na própria máquina, antes do início dos trabalhos. Serve também para calibrar a máquina, além de determinar a densidade. Uma vez cheia, pesa-se e obtém-se a densidade a partir da leitura de uma tabela de densidades.

f34725e6fd

4. Medidor de pressão para máquinas. Com este medidor, verifica-se no início dos trabalhos se a máquina dispõe da pressão suficiente para executar os trabalhos de insuflação de forma adequada.

fb1b8afc12

5. Endoscópio para prospecção de caixas de ar e controlo de qualidade. Este endoscópio serve para determinar se uma caixa de ar pode ser insuflada ou não, se a espessura da mesma é a adequada e se esta está vazia ou se já existe algum tipo de isolamento. Também é utilizado para a execução de controlos de qualidade do material insuflado em pontos de difícil acesso ou pontos duvidosos.

endoscop

6. Anemómetro para medição de passagem de ar. Com este dispositivo verifica-se se o espaço é estanque ou se existem passagens de ar, antes, durante e depois da insuflação.

fcce7974b3